Pós-Graduação em Saúde


Voltar para página anterior

CLÍNICA PSICANALÍTICA INFANTIL

PÚBLICO ALVO: O curso é voltado para alunos que possuam graduação em nível superior e que apresentem interesse em atuar na clínica psicanalítica infantil, em instituições de ensino psicanalíticos ou que já o fazem. O curso poderá ainda abarcar projetos de capacitação no âmbito dos Institutos Federais de Educação, Ciência e Tecnologia e de outros órgãos ou instituições de esfera pública.

OBJETIVO: O curso visa construir uma formação que permita ao aluno obter conhecimentos práticos e teóricos em diferentes níveis e funções do sofrimento e tratamento emocional humano.

CARGA HORÁRIA: 410h                                                         CÓDIGO NO MEC 52.262

COD

DISCIPLINA

01

Didática do Ensino Superior

02

Metodologia da Pesquisa Científica

03

1º Módulo – Noções Básicas de Psicanálise Infantil
- História da psicanálise infantil
- Relação pais x filhos

04

2º Módulo – A construção da sexualidade infantil
- Freud
- Lacan

05

3º Módulo – Psicomotricidade e desenvolvimento Infantil
- Piaget

06

4º Módulo – Ludoterapia e técnicas
- Melanie Klein
- Winnicott

07

5º Módulo – Desenho infantil

08

6º Módulo – Fundamentos da Neurologia aplicada a Psicanálise infantil
7º Módulo – Psiquiatria aplicada à psicanálise Infantil
- Autismo
- TDA - RAMENS
- TDAH

09

8º Módulo – Diagnóstico e intervenções na Clínica Psicanalítica Infantil

10

9º Módulo – Ética e normas técnicas da psicanálise Infantil

11

10º Módulo – Organização do pensamento Infantil

APROVAÇÃO: Para conclusão do curso, obtenção do título e expedição de certificado o aluno deverá ter média superior a 7,0 em todas as disciplinas e frequência superior mínima de 75% da carga horária total do curso, salvo os casos respaldados legalmente, e entregar a monografia e a defesa e entrega do trabalho de conclusão de curso.




Voltar para página anterior


Inscreva-se neste curso - clique aqui.


RECONHECIMENTO: Portaria MEC n0 1005 de 17/05/2001 PUBLICAÇÃO: DOU de 22/05/2001